segunda-feira, 18 de julho de 2011

As palavras que nunca te direi

Esta reportagem  mexeu comigo. A dor daqueles pais...daqueles irmãos! O meu coração ficou tão apertado... E não sou mãe! Não sei o que é a dor daquelas mães e daqueles pais...Posso imaginar (um bocadinho mas não sei) Sei que chorei...Ali em frente à TV. Pensei no amor que sinto pela minha mamã, pelos maninhos, pela sobrinha! No quanto a minha vida desabaria... se perdesse algum deles! (Não estou a excluir o amor pelo meu pai, e por todos os outros amores)...mas é que é complectamente diferente!) Neste momento é! E não estou a dizer que não os amo, Amo mas...é um amor que não é tão louco! Complicado de explicar.
Já passaram quase 2h da hora que a reportagem acabou... e continuo aqui pensativa, com o coração magoado, a minha cabeça concentra-se nas pessoas que ao longo da vida me marcam positivamente. Conhecidos, Amigos, Amigos mais "especiais", Familiares, Familiares "mais marcantes"....!
A morte é algo que realmente acontece, dói muito mas temos que saber lidar com ela.
Como se faz isso?
Não sei, é dificil de imaginar neste momento! Só no momento certo é que se sente...é que dói...é que custa! Agora aquilo que sentimos é Medo! Medo de perder alguém especial para nós!

7 comentários:

Anita =D disse...

Não vi a reportagem e por isso não sei ao que te referes. Mas hoje fui a um sítio onde também senti muito disso. Fui acompanhar, não vou dizer que foi algo directo comigo, mas vi a dor da perda de alguém que se ama e também me veio as lágrimas aos olhos. A morte existe, e cada vez tomo mais noção disso e sim também tenho medo de perder alguém que ame, uma dessas pessoas és tu :)

Mas temos de aproveitar enquanto a morte não toca à porta de nenhuma dessas pessoas, por isso aproveita este tempo de intervalo, que se chama vida, para mostrares às pessoas o quanto as amas!

Beijinhos!

Mimi disse...

Realmente são coisas que por mais que queiramos ser fortes é impossivél ficar indiferente! Eu nem quiz ver, mudei de canal!! Neste momento não preciso dos problemas dos outros, os meus já são de mais :(

Catarina disse...

É isso mesmo Ana, resta-nos aproveitar a vida! Acho que realmente é importante e devemos mesmo mostrar às pessoas o amor que sentimos por elas! (Nem sempre é assim tãoo fácil!)
Beijinhos
;)

Maria disse...

oh abrigada *.*

Caminhante disse...

Olá Catarina, é muto difícil perder quem amamos.. é uma dor, é uma saudade, que nos acompanha para sempre..
Beijinhos

Catarina disse...

É Verdade Caminhante! Resta-nos aproveitar a vida e dizer às pessoas em vida o quanto gostamos delas!
Beijinhos!
;)

Sofia disse...

Mesmo, eu também fiquei agarrada um pouco a esse medo de perder quem mais amo...deu vontade de pegar logo no telemóvel e dizer "Amo-te" a um punhado de pessoas!
Beijinho