domingo, 3 de julho de 2011

Muito medO. Que noite!

Ontem foi daquelas noites que se consideram: Tenebrosas!
1º - O apartamento (nosso) onde éramos para jantar continuava invadido e com um aspecto horrivel! Se eu por ventura jantasse lá: O resultado era tripar-me primeiro.
2º - Quando já estávamos na "verdadeira casa" do meu irmão, jantamos tranquilamente e no fim ele decidiu voltar ao apartamento para ver se os intrusos continuavam lá!
Eu, fiquei em casa com as meninas (sobrinha e prima, 4 e 10 anos). resultado: Era meia a noite e tal quando estávamos as 3 no sofá a ver tv: e ouvimos uma voz a rir-se! (algo estranho) Paranóia absoluta! Fiquei calada à espera de ouvir algo mais. A mais velha falou e disse: Ouviste? >Tou com medo! era uma mulher! A mais nova: Desata a chorar aterrorizada! Tia, eu tenho medo!
Eu tremia... o meu coração estava acelarado! Senti-me sem forças e não conseguia reagir.Abracei-as, acalmei a mais nova. E liguei ao pai dela,a perguntar se demorava e contei-lhe:Não se preocupem. Eu vou já!
Liguei ao meu querido R e tentei acalmar-me...Pumba! A bateria foi-se. Não tive coragem para sair do sofá e ir buscar o carregador.
E continuei lá, tremia por todos os cantos... A mais nova adormeceu nos meus braços. Os cães ladravam mas eu não conseguia sair daquele sofá. Coisas da minha cabeça? Mas eu não disse nada, calei.me e a mais velha também ouviu e disse...e batia certo! Na minha cabeça, só moravam imaginações terríveis (roubos, sei lá... Este mundo está perdido!)... Passou-se minutos e pareceram horas! Ouvi um carro: e a minha preocupação era: será que é o meu irmão? que faço? Ouvi uma porta: És tu, P?  Sou! e fiquei tão aliviada! Respirei fundo... Contei-lhe. (Só pode ter pensado...Epa ela ainda é pior que as garotas, meu deus...Agora inventa-me destas) 
Não interessa...Fomos para ir dormir. cheguei ao quarto da minha sobrinha.. para ir buscar o meu carregador... tava sossegada não mexi em nada e o fantasma apareceu... Eis que uma florzinha irritante... Ri-se com voz de mulher... e riu-se sem lhe mexerem! Credo! Só pode ter sido isto! Eu lá imaginava...O som era diferente.. A flor tava no quarto, távamos na sala... É possivel que o som se desfigurasse um pouco! (Não sei...Sei que me apeteceu imenso mandar a florzinha pela janela!)

Sou uma medricas... Eu sei! Mas nunca se sabe!...

1 comentário:

Liliana disse...

E eu que pensava que estas coisas (ridículas...) só me aconteciam a mim... enfim...

A propósito ligas te ao R, para quê? Havia de ser giro, vinha ele para te "salvar" e aparecia o teu irmão...

(Vê-la se te dignas a ir a comentar o meu blogue, oh desnaturada... se não ainda te excluo do meu circulo de amigos- sim, eu não tenho coragem para isso...)