domingo, 1 de julho de 2012

...


A verdade é que a ferida nunca se foi embora, nunca deixou de me magoar... andou sempre aqui à deriva. E os factos agora fizeram esta ferida alargar-se por todo o meu corpo. E eu não consigo explicar... Não consigo ter uma reacção!
Apetece-me chorar, apetece-me gritar... Eu sei lá o que me apetece!
Acho que não sei nada... Só sei que sinto que estou para aqui aos bocados. E ás vezes apetecia-me ir me embora, não desta casa, nem desta cidade mas embora para sempre---
Apetecia-me deixar de existir!

2 comentários:

Any =D disse...

Não digas isso. Tu não tens culpa disso e tens uma vida pela frente, tens uma vida tua para fazer, para seres feliz. Aguenta, aguenta o sofrimento, tens muito para viver querida. E nós todos somos fortes ;)

Força!

Catarina disse...

EsTou cansada de ser forte, de aguentar uma dor que não desaparece!...