quinta-feira, 23 de agosto de 2012

Desabafo

Foi à 6 meses, que aquilo aconteceu. Aquele acidente que me marcou, que me deixou marcas no meu coração.
Porque era o meu príncipe que estava lá dentro, e aquilo aconteceu à frente dos meus olhos. E por momentos o meu mundo tinha desabado. E não me peçam para descrever o que senti. Porque não consigo explicar... acho que foi mesmo o pior dia da minha vida e isso acho que já explica muito!
E eu sei... sei que correu tudo pelo melhor, porque ele está vivo, está bem e os danos foram só materiais. Foi um susto!
(Se ainda me custa? Custa! Se não custasse eu não tinha as lágrimas a correrem-me pela cara. Acho que é normal. As imagens continuam muito visíveis na minha mente...)
Tremo quando passo por um camião e olhem que todos os dias passo por inúmeros. Já consegui andar num depois daquilo ter acontecido, custou-me horrores, confesso! Tremi por todos os cantos mas consegui! Tive que conseguir... Ele também conseguiu passado pouquíssimas horas e era ele que estava lá dentro e aquilo faz parte de uma paixão dele. E eu também quis conseguir, porque para ele, eu conseguir também era uma vitória. Não consegui completar a vitória dele, porque andei de camião mas com a condição de andar sem o reboque. Um dia terei de conseguir com o reboque...
E um dia talvez... ponha a hipótese, de também eu tirar a carta de camião! Estranho não é? Mas acreditem que o que não nos destrói torna-nos mais fortes!

3 comentários:

o céu é o limite disse...

E eu desejo-te TODA a força do mundo para tirares essa imagens de vez da tua cabeça :S

o céu é o limite disse...

e fazes bem querida, luta por isso, pelo teu bem-estar (;

Maria Inês Rodrigues disse...

*