quinta-feira, 11 de julho de 2013

Pais


Não sei se sou só eu. Mas cada vez que preciso de perguntar aos meus pais qualquer coisa relacionado com saídas e coisas minhas, ando ali tempos e tempos a ver como o fazer, os nervos a aumentar... 
Não devia de ser assim, eu sei!  Se calhar é a nossa relação que não me permite estar à vontade. E custa. Custa-me mesmo. Já cheguei a desistir de fazer algo que até gostava só porque não estou à vontade para perguntar. Não sei se é medo de receber um não. Não percebo esta sensação. Porque eu tenho noção que se não perguntar, não sei a resposta.
Agora com quase 20 anos devia pelos menos deixar estes medos, inseguranças (ou sei lá o que raio é) de lado. 
Mas parece que a voz me vai falhar, que o corpo começa a tremer todo. E a coragem falta-me.
Com a minha mãe é um bocadinho mais fácil, ainda falo e arrisco. Com o meu pai custa-me horrores.
Porquê? Não me perguntem...

Mais alguém assim?

2 comentários:

mary jane disse...

eu também sou assim! e depois se calhar respondem logo que sim e eu a pensar que já podia ter perguntado há mais tempo :)

mary jane disse...

eu também sou assim! e depois se calhar respondem logo que sim e eu a pensar que já podia ter perguntado há mais tempo :)