sábado, 12 de outubro de 2013

São eles que me tem dado força. Mesmo longe deles... o meu coração está ligado ao deles. Amo-os com todo o meu coração, é um amor sem limites e sem barreiras. Sei que vou amá-los sempre. É o sorriso deles que me faz mais feliz... muito mais feliz. É receber os abracinhos apertados, os beijinhos... É ouvi-los a chamarem por mim: Tia Nês!, titi!, Tita!.
Ultimamente também choro por eles. Não quero ver os meus meninos sofrer, não quero afastar-me deles. Não quero que eles sintam que eu estou longe... Queria tê-los aqui em casa aos domingos ao almoço... e... Não sei se terei tão cedo.
Não percebo como alguém os consegue deixar para trás assim. Como alguém da família não pensa neles, no bem estar deles.

Porquê é que isto tinha de acontecer?????????????????????????????????????????? Ai

[Não estou bem... Nada bem!]

1 comentário:

Catarina Parente disse...

Se quiseres fala connosco